Publicado por: Dream Hunter Z | 24/02/2012

SEICHO-NO-IE: Amor-apego x Amor que vivifica

Olá a todos! 🙂 Como vão?

Hoje postarei mais um trecho dos ensinamentos da SEICHO-NO-IE!

Amor-apego x Amor que vivifica

Amor-apego x Amor que vivifica – Imagem deste site.

O amor-apego atormenta, mas o amor que liberta vivifica.

Amar não é cercar a liberdade da pessoa amada, e sim dar-lhe plena liberdade. Mas não adianta simplesmente soltá-la. Devemos soltar a pessoa amada na direção que lhe possibilite crescer correta e vigorosamente, acompanhar os seus passos e orar por ela. Libertar é um ato de doação.

(Taniguchi Seicho – Akaruku Tanoshiku Jinsei O)

É exatamente como diz o trecho. Quem ama não aprisiona a pessoa amada, afinal, ela não é um objeto.

Muitos podem pensar “Mas se eu deixar a pessoa amada solta, outro(a) poderá tomá-la de mim!”.

Aos que pensam assim, eu vos digo: Se a pessoa que você ama deixar-se levar por outro alguém, significa que, infelizmente, essa pessoa a quem você ama, não te corresponde. Já ouviram falar? Quem ama, confia! (Embora eu entenda que isso causará uma dor insuportável…).

E se, por acaso, a pessoa amada amar mesmo outra pessoa, não devemos ter raiva nem rancor, ninguém manda nos sentimentos. Se amamos mesmo essa pessoa, desejamos vê-la feliz! Sendo assim, devemos torcer para que ela fique feliz, independentemente onde, como ou com quem. (Falo na teoria, mas na prática entendo que não é fácil…).

Voltando ao assunto, quando amamos alguém, devemos estar sempre ao lado desta pessoa, apoiando e torcendo pelo seu crescimento, tanto material quanto espiritual. Se pensarmos bem, não há necessidade de cercar a liberdade  da pessoa amada, principalmente quando já se é um casal, pois, se sabemos que somos amados pela pessoa amada, não importa o que aconteça, a união do casal nunca se abalará! Acho que ambos os lados sabe muito bem o que se deve ou não fazer…

Bom, poderíamos prolongar o assunto falando sobre ciúmes, por exemplo, mas aí fugiríamos do assunto principal.

Portanto, encerro por aqui!

E nunca se esqueçam! O maior de todos os tesouros são os seus sonhos!

Abraços!

Anúncios

Responses

  1. Vim aqui atrás das matérias sobre os Riders, mas realmente gostei deste texto. Realmente, o verdadeiro amor liberta, não o prende.

    Curtido por 1 pessoa

    • Muito obrigado Rafael!
      Fico feliz que tenha gostado!
      Espero que os posts de Riders também lhe tenham sido útil! =)

      Curtir


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: