Publicado por: Dream Hunter Z | 14/10/2014

Onde você colocou o sal?

Olá a todos! 🙂 Como estão?

No post de hoje transcrevo um e-mail que recebi há tempos da Ry~chan. Como sempre, deixarei meus comentários e pensamentos sobre no final. Vamos ao e-mail:

Onde você colocou o sal?

Imagem retirada deste blog.

ONDE VOCÊ COLOCOU O SAL?

O velho Mestre pediu a um jovem triste que colocasse uma mão cheia de sal em um copo d’água e bebesse.
– Qual é o gosto? – perguntou o Mestre.
– Ruim – disse o aprendiz.

O Mestre sorriu e pediu ao jovem que pegasse outra mão cheia de sal e levasse a um lago.
Os dois caminharam em silêncio e o jovem jogou o sal no lago. Então o velho disse:
– Beba um pouco dessa água. – Enquanto a água escorria do queixo do jovem o Mestre perguntou:
– Qual é o gosto?
– Bom! – disse o rapaz.
– Você sente o gosto do sal? – perguntou o Mestre.
– Não – disse o jovem.

O Mestre então, sentou ao lado do jovem, pegou em suas mãos e disse:
– A dor na vida de uma pessoa não muda. Mas o sabor da dor depende de onde a colocamos. Quando você sentir dor, a única coisa que você deve fazer é aumentar o sentido de tudo o que está a sua volta. É dar mais valor ao que você tem do que ao que você perdeu. Em outras palavras: É deixar de Ser copo, para tornar-se um Lago.

Muito sábio esse mestre. Eu ampliaria este ensinamento considerando não só as dores mas todos os infortúnios que podemos ter em nossas vidas. Incluindo coisas atribuídas, geralmente, ao acaso ou falta de sorte.

Na realidade, é tudo questão de se colocar em uma forma a ter um ponto de referência positivo das coisas. O segredo é posicionar o sofrimento de um jeito em que você não o sinta. Concentrar-se nas coisas que nos fazem bem! E mover-nos para tê-las sempre conosco.

Usando a analogia do e-mail, colocar o sal no copo e beber é o mesmo que ficarmos focado nas coisas de que não gostamos, das coisas que perdemos, das pessoas que se foram. Isso prejudica o nosso ânimo, além de atrair mais pessoas, situações e coisas negativas para a vida.

Pelo contrário, colocar o sal no lago, representa tornar o que é negativo pequeno, ao ponto de ser insignificante. É olharmos para as bênçãos que já temos. É focar naquilo que gosta, que revigora, que anima. É pensar e estar com pessoas que você ama e que te querem bem de verdade.

Obviamente, não devemos largar tudo o que não gostamos e fazer só coisas que nos agradam. Na verdade é o contrário, devemos tornar as coisas que não gostamos em coisas que adoramos. E assim, fazê-las com mais vontade e alegria. Sempre haverá algum aspecto positivo em tudo, basta encontrar. Mas este já é outro assunto.

Bem, esta foi minha interpretação deste e-mail, que repito, achei muito sábio.

Por hora é só!

E nunca se esqueçam! O maior de todos os tesouros são os seus sonhos!

Abraços!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: