Publicado por: Dream Hunter Z | 04/11/2014

Versos sem nome

Olá pessoas! 🙂 Como estão?

No post de hoje transcrevo mais uma poesia minha… Esta é bem antiga! Na verdade, nem sei se posso chamá-la de poesia, pois não tem um título… Recordo-me que escrevi num momento de tristeza profunda, mas não consegui terminá-la. Por alguma razão, lembrei dele esses dias, e resolvi postar.

Pensei em dar um título e um desfecho mais apropriado, porém, não faria sentido, já que os sentimentos do passado e do presente se misturariam, tendo essências diferentes.

Versos sem nome

Imagem retirada deste blog.

Versos sem nome
(Elson Diogo Masuzawa)

Meu coração
cansado de procurar,
desistiu de amar!

Vou esperar
uma anja me chamar
e das trevas me salvar!

Chamas frias de meu coração,
queimam congelando a paixão!

(Data perdida)

Postagem de hoje curtinha!

Por hoje é só!

E nunca se esqueçam! O maior de todos os tesouros são os seus sonhos!

Abraços!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: