Publicado por: Dream Hunter Z | 01/12/2014

Adeus

Oi pessoas! Como andam? 🙂

Assim como ontem, o post de hoje é uma música da dupla Sandy & Junior: “Adeus“.

Adeus - Foto retirada deste blog.

Adeus – Foto retirada deste blog.

Adeus
Intérpretes: Sandy & Junior
Composição: Sandy/Junior/Allen C. Lima

Adeus
Alguém precisava dizer
E esse alguém era eu
Mas com que palavras?
Com que coração?
De que jeito?
E tudo parecia tão direito
Mas não foi bem assim
O que eu sonhei pra mim
Não queria te ferir
Me perdoa

Eu tentei
Deixei meu coração na tua mão
Descobri
Que o nosso amor foi pura ilusão
É difícil ver o fim
Mas tenho que esquecer
Eu vou seguir sozinha
Tentando não sofrer

Eu tentei
Deixei meu coração na tua mão
Descobri
Que o nosso amor foi pura ilusão
É difícil ver o fim
Mas tenho que esquecer
Eu vou seguir sozinha
Tentando não sofrer
Por você…

Mesmo assim eu vou tentar
Abrir de novo o coração pro amor
E se um dia a gente se encontrar
Quem sabe seja a nossa vez de amar

Eu tentei
Deixei meu coração na tua mão
Descobri
Que o nosso amor foi pura ilusão
É difícil ver o fim
Mas tenho que esquecer
Eu vou seguir sozinha (eu vou seguir)
Tentando não sofrer

Eu tentei
Deixei meu coração na tua mão
Descobri
Que o nosso amor foi pura ilusão
É difícil ver o fim
Mas tenho que esquecer
Eu vou seguir sozinha (eu vou seguir)
Tentando não sofrer
Por você…

Adeus…

Sempre curti cantar músicas de Sandy & Junior, pois podia “brincar” de fazer tanto primeira quanto segunda voz. Com as músicas de outros cantores dava pra fazer isso também, mas não sei porque não achava tão divertido.

Bom, para quem quiser ouvir a música:

Sobre o adeus, lendo o post de onde encontrei a imagem, comecei a pensar, realmente, o verdadeiro adeus não existe. Pois todo laço profundo, independente dos acontecimentos, nunca se rompe. Podem passar anos ou décadas, pode-se afastar metros e quilômetros, mas no fundo do coração, sempre lembraremos das pessoas que amamos. E, ao lembrarmos, nossos pensamentos voam até essa pessoa, reencontrando-a.

Vendo pelo lado espiritual, todos nós somos filhos de Deus, parte de Sua criação, portanto, somos unidos pela essência, que é o Próprio.

Se Deus, que é Amor, une; então é fato que, quando um amor é verdadeiro, sejam quais forem as circunstâncias, ele nunca desaparece. Podemos enterrá-lo, podemos escondê-lo, podemos congelá-lo, mas ele jamais deixará de existir.

Bom, por hoje é só!

E nunca se esqueçam! O maior de todos os tesouros são os seus sonhos!

Abraços!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: